A banda do Woody Allen

Kubrick, Almodóvar, Godard, Fellini e Spielberg que me perdoem, mas o Woody sempre vai ser o meu favorito. Quando eu começo a falar de cinema com alguém, as pessoas me perguntam porque eu prefiro o Woody, afinal, existem diretores muito melhores, né? Bom, eu vou lhes dizer o porquê: Eu acho que ele é um artista completo. Ele atua, dirige, escreve e ainda é musico! E amo a personalidade dele, essa coisa neurótica do começo da carreira que aparece tanto em Annie Hall, e ainda é presente em todos os seus filmes.

Woody Allen é musico? Essa é a reação da maioria das pessoas que não são tão obcecadas pela vida do diretor quanto eu, hehe. Mas sim, ele é! E quase ninguém sabe. Me mandaram o documentário dele (as pessoas me mandam tudo dele, porque todos sabem que sou apx pelo woodyzinho <3) pouquíssimo conhecido, onde mostra a turnê européia da sua banda: New Orleans Jazz. 

Antes de tudo, ele não canta, tá? Ele toca clarinete! Se você se interessou e quer saber mais sobre isso e assina a Sky, é só entrar no telecine play. Agora se você não tem, tudo bem, você não vai ficar sem ver! O documentário está no youtube! Tá esperando o que? Dá o play logo!

E aí, qual é o seu cineasta favorito?

Filmes que você deveria ver

Eu sou apaixonada por cinema, é um fato. Tão apaixonada que vou fazer faculdade de cinema! Mas apesar de amar muitos e muitos filmes, sempre temos aqueles filmes que amamos um pouquinho mais, né? Pensando nisso, resolvi fazer um #top5 de filmes que vocês simplesmente p-r-e-c-i-s-a-m ver! 

  1. Clube da Luta (Fight Club) 

Eu sou completamente apaixonada por esse filme. Sério, eu tenho um monte de falas do Tyler, Jack e Marla anotadas em um caderno e sempre leio e me animo. E olha que nunca fui fã de filmes desse tipo! Costumo dizer que existe vida antes de Clube da Luta e depois. Por isso que amo bons filmes, de um jeito ou de outro, eles conseguem mudar a sua visão sobre o mundo, sobre as coisas, sobre as pessoas. Todo mundo devia assistir Fight Club. Sério.

2. Bonequinha de Luxo (Breakfast at Tiffany’s) 

Sem palavras. Eu sou louca pela Audrey Hepburn e não dava para deixar esse filme de fora, né? Perdi as contas de quantas vezes já assisti! Esse é o meu filme mulherzinha. Eu sou a Holly encarnada, só falta as jóias e o Givenchy, hehe. Para mim, é o filme perfeito. Tem uma musica perfeita, que é Moon River interpretada pela Audrey, as roupas eu nem vou comentar… Dá até um aperto no coração. Não sei se a minha parte favorita é quando eles roubam as máscaras ou quando tem aquela cena ”I love you” ”Thanks”. Ah, muito amor!

3. Noivo neurótico, noiva nervosa (Annie Hall) 

Woody Allen é a minha alma gêmea. Almodóvar, eu te amo. Tarantino, você é incrível. Mas Woody Allen sempre será meu favorito. Os filmes dele tem uma magia que é difícil de ser explicada e impossível de ser copiada. É incrível. E mesmo amando todos os filmes dele, Annie Hall foi o primeiro que vi, e sempre terá um grande espaço no meu coração. Acho que vocês deviam ver todos os filmes dele, Woody Allen tem a mania de te enfeitiçar… Um dia você vê seus filmes, depois está procurando seus roteiros e livros. Não é algo que se possa controlar!

4. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain)

Gente, sério… Eu sou viciada nesse filme! É o filme da minha vida. Eu sou Amélie e Amélie sou eu. Esse filme foi um marco na minha vida, me fez criar gosto pela língua francesa, arte e detalhes minuciosos do nosso corrido dia-a-dia. Eu amo a cena da Amélie criança com os morangos nos dedos. Amo, amo, amo! Na verdade, não tenho uma cena favorita, amo o filme todo! Vejam e se apaixonem por Paris e pela francesas, assim como eu <3

5. 500 Dias com Ela (500 Days of Summer)

Não deu… Eu tive que trocar Maria Antonieta por 500 Days of Summer. Tem a minha atriz favorita (Zooey Deschanel), é um dos filmes mais criativos, inusitados e realistas que já vi, e além de tudo, resume a minha vida amorosa. Eu não me canso de ver over and over and over, e odiar a Summer, ter dó do Tom, amar a Summer de novo… ”Roses are red, violets are blue… Fuck you, whore!” 

Bom, e infelizmente acaba por aqui. É óbvio que eu queria colocar mais um monte de filmes, mas aí me prolongo muito e fica chato. Mas espero, de verdade, que quem não assistiu algum da lista, assista e curta tanto quanto eu!

P.S: Ainda acho que todo mundo que curte moda, decoração e história deveria ver Maria Antonieta… É um dos meus filmes favoritos. Vejam! Eu tive que trocar porque 500 days of summer é muito mais a minha cara. Além de ter The smiths, eu sou puramente, o Tom!

Beijos,

Ana.