Resenha do filme “Elena”

Há um tempo a Ana fez um post falando de um filme e eu tava louca para ver, mas não tinha na minha cidade. Aí eu vim pro Rio e resolvi arrastar minha vó comigo para aprovar a dica cinematográfica da Ana. E foi aprovadíssima!  

Perder alguém especial quando se é adulto já não é fácil; imagina perder aos 7 anos de idade? E se a morte for um ato de suicídio? A falta de compreensão, o sentimento de culpa, a necessidade de uma resposta que não vem. Cada um lida com isso de uma maneira, principalmente se houver religião. Mas a crença religiosa não é o caso da diretora Petra Costa. Em seu documentário, sobre sua irmã Elena, não se fala sobre prática religiosa. Porém em uma cena, Petra diz que não acreditava em Deus. Nem em Papai Noel. Acreditava em Sereias, mas não em divindade. 

É curioso observar como a morte é encarada por alguém que não tem religião. A pessoa simplesmente deixa de existir, não vai para o céu nem pro inferno. Esse poético documentário tem apenas como objetivo botar um fim no luto da Petra.

Mas por que fazer disso um filme? O sonho de Elena era ser atriz de cinema e por isso, foi tentar a sorte em Nova York com 20 anos. Sonhar é diferente da realidade e quando não se está preparado para uma decepção, isso por ser terrível. Mas Petra também não tem interesse em descobrir o que deixou sua irmã deprimida. Petra quer dimensionar o tamanho do amor incondicional que Elena tinha por ela quando pequena. As pequenas encenações diante da câmera, a dança com paixão, a paz despreocupada. Não deixa de ser uma homenagem a sua irmã também, mostrando-a como personagem com virtudes e fraquezas que só grandes atrizes têm.

É relatado através da voz doce de Petra Costa, mostrando também que é um acerto de contas. Mesmo abordando problemas pessoais, demonstra também a capacidade de superar suas limitações. Anseios, mágoas e dor são comuns, mas o perdão se faz necessário. E aos poucos ele vai surgindo, embalado por um balé aquático. “A dor vira água”, afirma Petra e essa emoção que flui naturalmente desaparece.

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha do filme “Elena”

  1. Eu também estou, Lizandra! Esse filme parece ser maravilhoso. Especialmente depois da resenha da Yasmin <3 Depois que você ver o filme me diga o que achou, viu? Beijão!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s