Chegadas e Partidas

Image

Alguns hábitos precisam ser renovados, restaurados ou descartados. Assim como as pessoas. Pode vir chorar no meu ombro, eu sei muitíssimo bem o quanto isso é difícil. O quanto dói. É confortável e fácil ficar preso na rotina, mesmo que ela te faça sofrer. Ficar preso ao sofrimento não é agradável, mas é confortável, porque você sabe o que te espera. Mas quando decide jogar tudo para o alto e dizer adeus, tudo pode acontecer. E isso é terrivelmente assustador. Mas é um mal necessário.

Existem casos e casos, mas nós temos que ter o bom senso de olhar para a situação e perguntar para dentro se vale a pena, mas seja sincero consigo mesmo. Eu já estive em um relacionamento terrível, onde eu só brigava, brigava e brigava. Era uma paixão devastadora e violenta. E na primeira oportunidade, a pessoa caiu fora. Eu me lembro que na época achava que a minha vida tinha acabado, que tinha perdido o amor da minha vida. Eu perdi todo o meu orgulho e passei a me humilhar para ter a pessoa de volta, e assim que caí na real e percebi que não estava em um filme francês, me perguntei como me submeti a tudo aquilo. Pessoas que tentam te mudar, pessoas que fogem de tudo, pessoas que te humilham, pessoas que não te dão o devido valor, pessoas que agem como se você fosse a maior sortuda por estar ao seu lado. Essas não valem a pena. Fuja delas.

Agora eu percebo que não existe relacionamento perfeito e nunca vai existir, mas acredite, tem sim alguém nesse mundo que vai te ver sem maquiagem, com o cabelo todo bagunçado e pijama de bichinho que a sua avó te deu de natal, e mesmo assim, te achar a menina, a mulher, a pessoa mais linda desse mundo. E ele ou ela, vai te dizer isso todos os dias. Com os tempos modernos a gente acabou se convencendo que não existe mais esse tipo de coisa, não existe mais esse tipo de relacionamento, mas quer saber? Existe sim. É óbvio que nem todo dia vai ser um mar de rosas, vocês vão atravessar por fases ruins, mas é isso que difere um relacionamento do outro, as tais fases ruins… Você (e o seu namorado/namorada) que vão decidir se a tal fase ruim vai ser o grande ponto final de tudo, ou se vocês vão enfrentá-la, e atravessá-la juntos.

Abra os olhos para os relacionamentos devastadores. Abra os olhos para as pessoas. Mesmo quando você as ama. Se enxergue melhor. Faça as coisas que você ama. Tire o dia só para você. E então, se deite no chão e pense em quem você gostaria que estivesse ali, com você. E seja quem for que você imaginou, não desista dela.  

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s